terça-feira, 30 de dezembro de 2014

As estações - piscar do tempo

ei que lá se vai 2014... o quê? Você nem viu passar? Mas eu seu sim, vi a vida passar em todas as ESTAÇÕES...


Desde o famigerado outono, sendo belo e imperdoável, pois não sobraram folhas e, assim se foi, com as folhas secas caindo ... uma a uma, com ventos fortes, tempestades, puxa vida... vi tudo desnivelar. Chegou o inverno, ele sim, implacável cortou todo mal pela raiz, isto se existir o mal, só sei que não sobrou muita coisa além do coração esperançoso e o pensamento de que tudo ia mudar... depois veio a primavera e logo vi os brotinhos surgindo, tímidos, mas fortes. Os brotos buscavam a LUZ do sol e a calmaria das noites serenas. Cada dia é um novo dia. Deus no comando. Esperança, palavras sinceras, luta diária, acreditando sempre no melhor do ser humano e ai sim, ai sim ... vem chegando o verão, sol quente, praia, sombra e água fresca, não exatamente nesta ordem, até porque, sou mulher de fibra, insisto e não desisto!! Com todas adversidades, me curvo mas não quebro. Minha gratidão ao Universo por retribuir de forma tão grandiosa. Obrigada Deus por se mostrar tão vivo e presente em nossos corações, obrigada aos amigos e amigas que acreditam, assim como eu que 2015 seja pleno de felicidades e realizações para todos que buscam e querem um mundo melhor!! 
Meus Filhos Minha Vida - Nossa História!! Manoela e Sammer Othman

sábado, 27 de dezembro de 2014

Oficina de Oratória - Discurso aplicado


Oficina de Oratória - por Miriam Ramoniga

1- Conceito de oratória clássica 
Características: formalidade, eloquência e (uni) direcionamento

2- Conceito de oratória moderna
Características: direta, breve, adaptada ao público

3- Requisitos para oratória
objetividade (ponto principal da fala)
clareza nas ideias ( consistência) e das palavras (apropriadas)
oportunidade (momento certo para interlocução)
coerência (começo, meio e fim)
ética (atitudes condizentes com o discurso, integridade moral)

4- Recursos do Orador
aprendizado constante - desenvolver novas técnicas
verbal (dicção, entonação, ênfase, pausa, volume e intensidade da  voz)
visual (capacidade de percepção, observação "olhar e ver, ver e perceber")
auditivo (quem sabe ouvir pode  tornar-se um bom orador) 
corporal (gestos  corporais, faciais "o corpo também fala")
escrita (cultivar bom vocabulário depende de exercícios, praticas de escrita e leitura)
emocional (sintonia com o tema e com o público)

5- Condutas do orador
manter a imagem apropriada - postura física e emocional
manter energia constante - respirar e tomar água
passar a  mensagem -expressão real
desenvolver  as etapas do discurso com coerência

6 - Etapas
início (cumprimentos, saudação alegre)
introdução ao tema (motivo pelo qual se apresenta)
desenvolvimento (argumentos)
conclusão (fechamento das ideias)
agradecimento (

7 - Discursos e duração
aulas
palestras
notícias
informativos
ocasionais
solenes 
técnicos
políticos
religiosos
sociais

8- Planejamento 
responder as  questões:
Tema /motivo/para quem/lugar/ horário/tempo/
O quê? Porquê? Onde? Para quem? quanto tempo? Qual o tema? qual o público?

Faça um breve resumo do conteúdo principal do discurso.
Faça um apelo à ação.
Faça um agradecimento sincero.
Conte uma história interessante, bem humorada e adequada ao tema.
Faça uma boa citação.
Arranje uma frase de efeito.
Esclareça as dúvidas da platéia
Despeça-se dizendo “Muito obrigado pela atenção e boa tarde a todos” ou algo na mesma linha
.......
elaborar uma minuta
conhecer o tema sobre  qual  vai falar
conhecer o local, o público,(entrevistas, pesquisas, reunião com envolvidos no trabalho)- ensaiar, cronometrar, falar para si mesmo, falar em frente ao espelho, falar  para um amigo chegar  no local com antecedência, verificar  com antecedência se no local existe os  materiais apropriados/necessários, 
9- Recursos 
microfones, caixa de som, tribuna, púlpito, quadros, papeis, àgua, copos, tablets, caneta laser, rascunhos etc...  
10-Seja autêntico - seja você mesmo!
 Todas essas recomendações ajudam no momento de falar, mas nada substitui uma consistente preparação. Seja você mesmo. Nenhuma técnica é mais importante que a sua naturalidade.



terça-feira, 23 de dezembro de 2014

A história do Papai Noel -




Papai Noel: A história do Papai Noel, remonta ao século IV, quando o rico bispo Nicolau de Mira costumava jogar moedas de ouro por onde passava. Essas moedas eram recolhidas pela população, mas algumas caiam dentro de vasilhames, dentro de sapatos, às vezes nos buracos das chaminés, etc. e ficavam temporariamente perdidas, até quando casualmente eram encontradas, constituindo-se o fato numa agradável surpresa, assim como receber um presente.
Personagem lendária, representada por um velho de barbas brancas e roupas vermelhas que, na noite de Natal, distribui brinquedos e presentes. Nos filmes e desenhos animados, o Papai Noel vem do Pólo Norte em um trenó puxado por renas. A rena é um animal originário da Finlândia, mamífero e resistente. Os lapônios e esquimós as domesticam e as empregam como animais de carga. No Brasil, por causa do clima, não há renas nem em zoológicos.
Daí todos os anos, no dia 6 de dezembro, crianças colocavam meias e sapatos nas janelas, ou próximos das chaminés, na esperança de, no dia seguinte, encontrarem as moedas de São Nicolau. Porém, como já não existia o bispo, os pais, para manterem a ilusão, continuaram a colocar moedas e mais tarde, presentes para suas crianças.

O costume foi disseminado por todo o Ocidente e para manter a tradição de São Nicolau e escapar da censura da Reforma Protestante, que proibia o culto aos santos, os holandeses mudaram o nome de São Nicolau para Sinter Klaas. E, em decorrência dessa medida, cada povo trocou o nome ou a pronúncia. Para os franceses, Nicolau era pai do Natal - Père Noël. Em Portugal, Père foi traduzido para papai, mas não traduziram Noël, que é Natal em Português. Então, ficou Papai Noel
(texto e imagem da internet)

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014



Aconteceu no na última terça feira (16.01.14) às 15 horas, no SESC- End. Avenida Central, 360, Centro - Balneário Camboriú - SC. Movimento cultural que  incentiva  a leitura bate papo com as autoras e a ilustradora do livro, sessão de autógrafos e muito mais. Com a presença da ilustradora Jana Garcia e das autoras do livro infantil Brinco de Pérola, 2014 Manoela Ramoniga Furtado e Miriam Ramoniga, receberam os  amigos, artistas e as acrianças que participaram do brincando  nas férias.  O próximo lançamento já está marcado será  dia  17.01.2015 na cidade do Rio de Janeiro, na livraria  Blooks - Praia do Botafogo .



O livro “Brinco de Pérola” vem recheado de emoções,  escrito por mãe e filha com base na filosofia, incentiva a leitura e momentos de reflexão. A Ilustração foi feita pela artista plástica Jana Neves, que trouxe vida aos personagens, colorindo o imaginário.

A escritora Manoela Ramoniga Furtado nasceu em Balneário Camboriú, Santa Catarina, adora dançar, desenhar, ouvir e escrever histórias. Estuda no colégio Unificado e com 10 anos de idade lança seu segundo livro infantil, que escreveu em parceria com sua mãe e, também escritora Miriam Ramoniga, a Ilustração foi feita pela talentosa artista plástica Jana Neves.
Manoela -autografando no Sesc- BC -
apoio cultural : Editora Amigos da Cultura, Sesc, Saionara Cabelereiros, Colégio Unificado,
Conceito Orgâncio, Mubarak Consultoria, Donalía moda praia, Pea, Tv Litoral Panorama.

A história “Brinco de Pérola” apresenta ao leitor um momento especial vivido por mãe e filha, que  foram surpreendidas pela ação da natureza e toda energia que circula em nosso universo. Apresenta situações reais aparentemente tristes e que podem se tornar um grande aprendizado. Assim, as  autoras contam uma história e reinventam a forma de viver melhor e ser feliz, mesmo quando perde-se algo. Pois nem sempre perder é ruim.


 “Ler e contar histórias todos os dias para crianças é uma experiência maravilhosa. Pois além do conteúdo do livro, é possível transferir valores, princípios, experiências de vida. As crianças nos observam como exemplos de vida, nesta jornada diária de ensinar e aprender. As histórias permeiam nossas vidas e nos faz aprender, no mundo da imaginação tudo é possível.  Ler e contar história para crianças é ser mais feliz.” Miriam Ramoniga – escritora e membro da Academia de Letras de Balneário Camboriú 

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Contos para dormir - enquanto o sono não vem :) baseado no filme Balão Vermelho releitura "o balão de estrela"

Lá  vem ela com sua  voz ENCANTADORA, mas  sem sono... MÃE CONTA UMA HISTÓRIA?!
:) lembrava da história  mas  não com todos os  detalhes DESTA  HISTÓRIA MARAVILHOSA, então fiz  releitura, "dada a licença", uma versão de contos  para  dormir e hoje para  minha pequena ouvinte, compartilho ambos, o conto e o  Filme "Ballon Rouge" dirigido por Albert Lamorisse. França, 1956


Filme "Ballon Rouge" dirigido por Albert Lamorisse. França, 1956.

"O balão de estrela"
Era uma vez uma menina que estava sentindo triste e muito sozinha.
Quando ganhou de seu irmão um balão em formato de estrela. 
Logo que ganhou o balão percebeu que podia ver seu rosto refletido nele. 
Fez caretas, bicos e, até, sorriu. 
E sorrindo saiu correndo puxando seu balão por uma cordinha. 
Fez muitas invenções, imaginava uma nova brincadeira e lá ia ela com seu balão em formato de estrela, brincou de pipa, de foguete,de pop estar. 
Quando chegou a tardinha, lá estava ela com seu balão e, de repente, veio o vento e levou-o para o alto, ela bem q tentou pegá-lo ... mas não conseguiu alcançar sua cordinha. 
Assim o balão subiu tão alto que ficou parecendo um pontinho no céu, ela acompanhou seus movimentos. 
Até que noite chegou e a menina não sabia mais ao certo qual era seu balão e qual era estrela de verdade.
Dizem que o balão ficou morando no céu até hoje.
Nas noites estreladas, lá está ele, brincando de ser estrela também.

Miriam Ramoniga 14.12.14 CONTOS PARA DORMIR, enquanto o sono não vem!!



domingo, 14 de dezembro de 2014

ENCONTRO LITERÁRIO nesta terça-feira dia 16 de dezembro às 15 horas, no SESC- BC

ENCONTRO LITERÁRIO nesta terça-feira dia 16 de dezembro às 15 horas, no SESC- End. Avenida Central, 360, Centro Balneário Camboriú - SC. Venha participar deste movimento cultural, bate papo com as autoras e a ilustradora do livro, sessão de autógrafos e muito mais!! Vem Vai!!!


domingo, 12 de outubro de 2014

Exposição Câmara de Vereadores de Balneário Camboriú - SC "Meu Mundo é seu Mundo - Meu Direito é seu Direito-


Exposição na Câmara ilustra Cartilha de Direitos Humanos para Crianças
Está aberta ao público a exposição, que ilustra a Cartilha de Direitos Humanos para crianças, “Meu Mundo é Seu Mundo – Meu Direito é Seu Direito”, na sede do Legislativo. São obras de 16 artistas diferentes que estarão à mostra até o dia 31 de outubro, e a visitação pode ser feita de segunda a sexta das 13h às 19h, no segundo piso da Câmara de Vereadores de Balneário Camboriú.

De acordo com a presidente do Instituto Amigos da Cultura responsável pelos trabalhos, Miriam Ramoniga, a iniciativa visa homenagear o mês das crianças e tem por objetivo a divulgação dos direitos humanos das crianças e adolescentes.

A exposição está atrelada ao evento que acontece nesta segunda (06), às 14h, o Projeto Luz, Câmara, Ação - Especial do Dia das Crianças, que exibirá curtas do circuito estadual de cinema infantil, no plenário “vereador Walter Eilers”.

Conheça os artistas que ilustram a cartilha:

Cleci de Fatima Langer - “Pipas”

Eduardo Baruch - “The Boy that Reads and Writtes”

Evelina Ana Carrajola - “Biodiversidade”

Fabiana Langaro Loos - “Vitrais”

Fabrícia Santos Gonçalves - “Infância Atropelada”

Fátima Rodrigues da Silva - “Crianças em Ação”

Fátima Rodrigues da Silva - “Profissões”

Galdino Vieira - “Crianças em Atividade”

Janaína Simas Neves Garcia - “Amor Materno”

Janaína Simas Neves Garcia - “Maternidade”

Lisia Wetter - “Cultura em som”

Marcelo Urizar - “Liberdade”

Márcia Lisbôa Carlsson - “Brincar ”

Márcia Lisbôa Carlsson - “Visita ao museu”

Marco Elias Cecruz Eliott - “Doce Leitura”

Regina Henning - “Boi de mamão”

Reiner Wolff - “Um instante, um olhar ”

Roberto Luiz Pereira - “Abraço”

Rudi Scaranto Dazzi - “Acessibilidade”

Obra Coletiva - “Identidade”

Serviço:

Exposição das obras de arte que ilustram a Cartilha de Direitos Humanos ilustrada para crianças “Meu Mundo é Seu Mundo – Meu Direito é Seu Direito”.

Data: De 01/10 a 31/10.

Visitação de segunda a sexta-feira, das 13h às 19h.

Local: Sede da Câmara de Vereadores de Balneário Camboriú

(Avenida das Flores, 675 - Bairro dos Estados - Balneário Camboriú – SC).

http://www.cambc.sc.gov.br/materias/show/3485/exposicao-na-camara-ilustra-cartilha-de-direitos-humanos-para-criancas
 — em Câmara De Vereadores De Balneário Camboriú.






quinta-feira, 2 de outubro de 2014

Criança é prioridade absoluta - seu bem estar é dever de todos CF


Cinema, arte, exposição,livros e muito mais!!


//// PROGRAMAÇÃO ESPECIAL ////

:: 13ª Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis ::

JOÃO, O GALO DESREGULADO

Baseado em fatos reais, o curta conta a história bem-humorada de um galo que cantava na hora em que bem queria e com isso, acabou criando muita confusão na rua onde morava.

Tempo: 15min | Direção: Camila Carrosine|São Paulo (SP) | Ano 2013| Curta.

UM RIO

O filme mostra de forma lúdica, algumas transformações que podem ocorrer no meio-ambiente com o crescimento de uma cidade. Propõe para a criança a discussão sobre qual o futuro que queremos para os rios de nossas cidades e aborda temas como mobilidade urbana, preservação, lixo, entre outros ligados a sustentabilidade e cidadania.

Tempo: 4min | Direção: Marcelo Bala |São Paulo (SP) |Ano 2013| Curta.

A HISTÓRIA DOS MENINOS QUE ANDAVAM DE NOITE

Você acredita em bicho papão? Diego é obrigado a passar o feriado com Vicente, seu meio-primo cadeirante. Com a descoberta dos segredos escondidos nas sombras do sítio, o que parecia chato, se transforma em uma grande jornada de aventura e amizade.

Tempo: 15min |Direção: Flávio Barone|São Paulo (SP) | Ano 2013| Curta

MEU FOGUETE

Um menino de aproximadamente 5 anos sonha criar um foguete que seja mais rápido do que a velocidade da luz. Uma verdadeira viagem pelo espaço e pelo imaginário infantil. Quem nunca se imaginou a bordo de um foguete viajando entre planetas e estrelas? Embarque nessa aventura e descubra coisas incríveis

Tempo: 2min |Direção: Marcelo Bala | São Paulo (SP) |Ano 2013| Curta.

*No dia estará a venda o livro ‘’Meu Mundo é Seu Mundo - Meu Direito é Seu Direito’’ no valor de R$15,00

*Participação especial do Centro Educacional Municipal Governador Ivo Silveira com alunos do 1º e 2º ano do ensino fundamental.

E MAIS! De 01 à 30 de outubro: Exposição ‘’Meu Mundo é Seu Mundo - Meu Direito é Seu Direito’’ - Curadoria de Miriam Ramoniga.

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Teatro Musical A BELA E A FERA em Balneário Camboriú -SC


Teatro Musical MARAVILHOSO - Produtora Ensamble - Direção de Julio Batschauer
em março apresentação será em Itajaí - SC


saiba mais : https://www.facebook.com/abelaeaferaomusical/photos/a.420981721373948.1073741828.420395744765879/421029218035865/?type=1&theater
MUITOS  AMIGOS QUE FAZEM PARTE DO MUSICAL TODOS  DE PARABÉNS!!


quinta-feira, 24 de julho de 2014

O Brasil se despede do escritor, poeta, dramaturgo Ariano Suassuna


 O Brasil se  despede  do escritor, poeta, dramaturgo 
Ariano Suassuna que falece aos 87 anos

[Movimento Armorial foi uma iniciativa artística cujo objetivo seria criar uma arte erudita1 a partir de elementos da cultura popular do Nordeste Brasileiro. Um dos fundadores e diretores foi o escritor Ariano Suassuna.2 Tal movimento procura orientar para esse fim todas as formas de expressões artísticas: músicadançaliteraturaartes plásticasteatrocinema,arquitetura, entre outras expressões.
O Movimento Armorial surgiu sob a inspiração e direção de Ariano Suassuna, com a colaboração de um grupo de artistas e escritores da região Nordeste do Brasil e o apoio do Departamento de Extensão Cultural da Pró-Reitoria para Assuntos Comunitários da Universidade Federal de Pernambuco.
Teve início no âmbito universitário, mas ganhou apoio oficial da Prefeitura do Recife e da Secretaria de Educação do Estado de Pernambuco.
Foi lançado oficialmente, no Recife, no dia 18 de outubro de 1970, com a realização de um concerto e uma exposição de artes plásticas realizados no Pátio de São Pedro, no centro da cidade.] Wikpédia
"Em novembro de 2011, quando a página Presença Árabe no Brasil foi criada, um dos primeiros posts que eu publiquei foi sobre o Movimento Armorial e sobre como o músico catalão Luis Soler, que conviveu com Ariano Suassuna - além de ter sido professor do músico Antônio Carlos Nóbrega na época do Quinteto Armorial - reconhece a tese de que os árabes introduziram a rima no mundo ocidental, pois a poesia latina contava apenas com a métrica.
Em seu livro “Origens árabes no folclore do sertão brasileiro”, Soler (1995) afirma que as “modalidades do Repente nordestino são modalidades de desafio árabes”.
Quem desejar conhecer mais sobre esse assunto pode também consultar as publicações de Ivan Vilela, recomendadíssimas.
E as pessoas que quiserem escutar um pouco do Quinteto Armorial e aproveitar o dia para homenagear o já saudoso Suassuna, segue o link abaixo." árÁrabesnoBrasil 



veja no  face : https://www.facebook.com/pages/Movimento-Armorial/184060791630069?fref=ts

sexta-feira, 14 de março de 2014

Dia da poesia


Um passo de cada vez, é assim a vida, você  me ensinou a caminharmos juntas!
Mesmo que eu possa andar sozinha, te quero do meu lado, de mãos dadas, pois foi assim que você me ensinou, dá-me a sua  mão que te dou a minha. 
Vovó Jandira e Manoela em Balneário Camboriú - SC foto arquivo pessoal 2005

Não sei... se a vida é curta
ou longa demais para nós, 
mas, sei que nada
do que vivemos tem sentido 
se não tocamos o coração das pessoas.

Muitas vezes basta ser:
o colo que acolhe, 
o braço que envolve,
a palavra que conforta,
o silêncio que respeita,
a alegria que contagia,
a lágrima que corre,
o olhar que acaricia,
o desejo que sacia,
o amor que promove.

E isso não é coisa de outro mundo,
é o que dá sentido à vida.
É o que faz com que ela não
seja nem curta, nem longa demais, 
mas que seja intensa, verdadeira,
pura enquanto ela durar...

Cora Coralina
Fonte: http://www.luso-poemas.net

sábado, 8 de março de 2014

Dia Internacional da Mulher


Ser Mulher.
Ser  Mulher e ser respeitada; Ser Mulher e ter seus direitos garantidos; Ser Mulher e poder fazer  suas escolhas: a profissão que quer exercer; com quem casar e se quer casar; se quer ter filhos, quantos e em qual tempo de sua vida;  Ser Mulher e ser respeitada em qualquer nação. No Dia internacional da Mulher temos que comemorar sim, mas ao mesmo tempo refletir, pois a violência ocorre em muitos lugares e com pessoas que conhecemos. A violência praticada em desfavor das mulheres tem que acabar. TODOS têm a obrigação de lutar contra o preconceito, todos os que desejam um mundo melhor.
Miriam Ramoniga, Daniela Ohana e Solange Ribeiro 
Mulheres que pensam, mulheres que fazem, mulheres profissionais, mulheres que são mães, mulheres que são advogadas, artistas, professoras, frágeis e  fortes. Parabéns a todas as mulheres pela força e determinação, mulheres que são, simplesmente, mulheres!!



Data lembra que mulheres lutaram por direitos iguaisDesde 1975, o dia 8 de Março é comemorado pelas Nações Unidas como o dia internacional da Mulher. Nesse dia, no ano de 1857, as operárias de uma fábrica em Nova York entraram em greve para reivindicar a redução do horário de trabalho, o direito à licença-maternidade e a equiparação de seus salários aos dos homens. As mulheres foram trancadas na fábrica e, devido a um incêndio, 129 delas morreram.Essa data é controversa, como várias datas históricas. De qualquer modo, a luta das mulheres por direitos trabalhistas, civis, políticos e sociais não parou por aí. Em 1903, profissionais liberais norte-americanas criaram a Women's Trade Union League, uma associação cujo principal objetivo era ajudar todas as trabalhadoras a exigirem melhores condições de trabalho.Já em 1908, 15 mil mulheres marcharam nas ruas de Nova York apregoando o slogan "Pão e Rosas", em que o pão simbolizava a estabilidade econômica e as rosas uma melhor qualidade de vida. Na verdade, elas reivindicavam também o direito de voto, fazendo coro às sufragistas europeias, mulheres que lutavam pelo direito ao voto (sufrágio) em Londres e Paris. Numa conferência feminina internacional, realizada na Dinamarca em 1910, foi decidido, em homenagem às operárias americanas de 1857, comemorar o 8 de Março como dia internacional da mulher. Mas somente no ano de 1975 a data foi oficializada pela ONU (Organização das Nações Unidas).No Brasil, em 24 de fevereiro de 1932, as mulheres conquistavam o direito de votar e de serem eleitas para cargos no Executivo e Legislativo. Hoje em dia, elas já ocupam cargos não só nesses dois poderes, mas também no Judiciário.Além de uma data de comemoração pelas conquistas econômicas, políticas e sociais das mulheres, o dia 8 de março é também uma data de realização de conferências, debates e reuniões que têm por objetivo é discutir o papel da mulher na sociedade atual.Apesar dos muitos avanços verificados nas últimas décadas, subsiste a distância entre a situação da mulher e do homem. Por exemplo, ainda é comum o trabalhador do sexo masculino ganhar mais ao exercer o mesmo cargo de uma trabalhadora. É evidente que isso não é justo. Mas, assim como existe o preconceito em relação à cor e à raça, ele também existe no que se refere ao sexo ou, como se diz com mais propriedade hoje em dia, ao gênero. Todos os que aspiram por um mundo melhor têm obrigação de lutar contra o preconceito, não importa se são homens ou mulheres.As diferenças que - felizmente - existem entre homens e mulheres servem para torná-los complementares. Não para criar uma relação de subordinação de um gênero em relação a outro. No Brasil, em 24 de fevereiro de 1932, as mulheres conquistavam o direito de votar e de serem eleitas para cargos no Executivo e Legislativo. Hoje em dia, elas já ocupam cargos não só nesses dois poderes, mas também no Judiciário.Além de uma data de comemoração pelas conquistas econômicas, políticas e sociais das mulheres, o dia 8 de março é também uma data de realização de conferências, debates e reuniões que têm por objetivo é discutir o papel da mulher na sociedade atual.Apesar dos muitos avanços verificados nas últimas décadas, subsiste a distância entre a situação da mulher e do homem. Por exemplo, ainda é comum o trabalhador do sexo masculino ganhar mais ao exercer o mesmo cargo de uma trabalhadora. É evidente que isso não é justo.Mas, assim como existe o preconceito em relação à cor e à raça, ele também existe no que se refere ao sexo ou, como se diz com mais propriedade hoje em dia, ao gênero. Todos os que aspiram por um mundo melhor têm obrigação de lutar contra o preconceito, não importa se são homens ou mulheres. As diferenças que - felizmente - existem entre homens e mulheres servem para torná-los complementares. Não para criar uma relação de subordinação de um gênero em relação a outro.